Mostrando artigos em "Destaque"

Empreendedora Luciana Mello e diretor Giovanni Harvey no Canal Futura

nov 17, 2011   //   por Coordenadora de Mídia   //   Destaque  //  Sem Comentários
A empreendedora Luciana Mello, juntamente com o diretor executivo da Incubadora Afro Brasileira, Giovanni Harvey, participaram do programa Conexão Futura do Canal Futura que abordou o tema “Empreendedorismo”. o programa falou sobre empresas que se desenvolvem com o suporte de uma incubadora e a desigualdade de gênero e raça no mercado empreendedor. Assista o programa em http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ixiNKATU1Ck

Incubadora Afro Brasileira na FIRJAN

nov 10, 2011   //   por deustaquio   //   Destaque  //  Sem Comentários

O Diretor Executivo da Incubadora Afro brasileira, Giovanni Harvey, palestrou na FIRJAN, no dia 04 de Outubro de 2011, em um seminário intitulado “Promoção do empreendedorismo e da igualdade racial no contexto dos grandes eventos esportivos”, dentro da mesa redonda “Formação profissional, de emprego e renda: oportunidades para ações afirmativas”.

Harvey baseou sua fala em premissas verdadeiras e falsas sobre as políticas públicas de inclusão racial. Iniciou falando sobre a premissa falsa de que a justificativa para a desigualdade entre brancos e negros estaria pautada exclusivamente na desigualdade de escolaridade e, portanto, a solução está em uma política universal como o PROUNI e não em uma política afirmativa como as cotas no vestibular. Segundo ele, apesar de ser verdade que, em média, a população negra tenha estudado menos, a desigualdade de oportunidades se mantém quando o universo de análise se restringe a brancos e negros com o mesmo grau de escolaridade.

Seu exemplo de premissa verdadeira foi à questão do ciclo econômico virtuoso, uma boa oportunidade para a inserção de novos segmentos historicamente discriminados. Para Harvey, com certeza é mais fácil incluir em um cenário positivo do que o oposto, no entanto, o cenário virtuoso por si só não é capaz de realizar nada. Por suas próprias palavras “é preciso haver vontade política, comprometimento político, para que as oportunidades geradas pelo ciclo virtuoso não aprofundem a concentração de renda, aumentando o fosso que separa a riqueza da pobreza”. E justamente nesse ponto está a principal dificuldade, a redistribuição de renda deve se basear em oportunidades, qualificação por si só não resolve o problema. Segundo o palestrante, devemos inverter o paradigma de que é preciso primeiro qualificar para depois democratizar as oportunidades.

Essas premissas são fundamentais porque elas pautam um diagnóstico, se elas são falsas ou baseadas em meias-verdades, o diagnóstico também será. Para exemplificar a questão, Harvey cita dois dos mais importantes diagnósticos realizados: o “Perfil do empreendedor Afro brasileiro no Estado do Rio de Janeiro”, pelo Centro de apoio ao desenvolvimento (CAD), coordenado por Jorge Aparecido Monteiro e “Destino Manifesto: o perfil dos empreendedores afro brasileiros”, pelo professor Marcelo Paixão da UFRJ, por meio do PNUD. Ambos concordam com o fato de que os empreendedores afro brasileiros concentram suas atividades no comércio e prestação de serviços, portanto, qualquer política deve se concentrar no setor.

Por fim, Harvey traçou uma meta: “consolidar, de forma sustentável empresas lideradas por homens e mulheres negras no Estado do Rio de Janeiro até junho de 2017”. Como fontes de recursos, foi sugerido o BNDES e o IAF. Para que isso se concretize de fato, se faz necessário acabar com a contradição que a elite brasileira tenta estabelecer, contrapondo as políticas universais e afirmativas. “Elas são complementares entre si e não antagônicas”, conclui Harvey.

Empreendedores na III Conferência Estadual de Políticas para Mulheres

nov 10, 2011   //   por deustaquio   //   Destaque  //  Sem Comentários
Empreendedores da Incubadora Afro Brasileira participaram da III Conferência Estadual de Políticas para  Mulheres. As empreendedoras Maria do Socorro Gomes, Denise Peçanha e Dayse Luci Roque tiveram a oportunidade de vender seus produtos e fazer novos contatos durante os dois dias de atividades.

Estudantes da Universidade de Bentley fazem estágio na Incubadora Afro Brasileira

nov 9, 2011   //   por deustaquio   //   Destaque  //  Sem Comentários

A Incubadora Afro Brasileira tem chamado a atenção de muitos pesquisadores, universidades e outras instituições nacionais e estrangeiras. Com a experiência em incubação de empresas e o pioneirismo no desenvolvimento de tecnologias sociais, a Bentley University, em Boston, Estados Unidos, é uma das instituições que já enviou grupos de estudantes para visitar e participar das atividades da Incubadora Afro Brasileira.

Em julho de 2010 Mike Nowiszewski, Trang Lam, Trang Nyugen and Dan O’ Connel, alunos do Curso de Negócios Internacionais, passaram um mês em estágio no Rio de Janeiro visitando empreendedores apoiados pela incubadora e contribuindo para a melhoria de seus negócios. O estágio contou créditos acadêmicos para os alunos. Um segundo grupo de cinco alunos de MBA, Rita Assaf, Anna Derby, Jeff Roberts, Sam Mayville e Nick Darsh chegou em dezembro de 2010 e participou de uma série de atividades tais como a doação de consultoria e prestação de assistência remota para os empresários.

Tudo começou quando o Professor Nader Asgary viu a possibilidade de estender a experiência acadêmica de estudantes sobre o curso com o contato direto com os empresários num país em desenvolvimento apoiados por uma instituição de alta credibilidade na área. “Eles vieram com uma visão de bem-estar no trabalho da incubadora e encontrou uma ação emancipatória que vê o empreendedor como uma parte importante da produção de riqueza do país, mesmo que seja na economia informal”, disse o CEO, Giovanni Harvey.

Durante o estágio, os alunos completaram uma agenda que incluiu visitas a algumas empresas, consultorias, reuniões, participação institucional e apresentação de sugestões e dicas no final do processo. “O estágio foi muito diferente do que costumamos fazer nos Estados Unidos. Foi uma experiência prática e fomos tratados como funcionários do projeto “, lembrou o estudante Trang Nyugen.

Na prática, a permanência no Brasil levou os alunos à percepção da realidade que eles haviam entrado em contato apenas através de livros. “Foi uma experiência fantástica. Nós estávamos na vanguarda da aplicação de teorias e metodologias que aprendemos na escola “, disse o estudante Michael Nowiszewski.

Catálogo de Incubação

nov 9, 2011   //   por deustaquio   //   Destaque  //  Sem Comentários
A Incubadora Afro Brasileira está disponibilizando o catálogo com empreendimentos que participaram do processo de incubação. Os empreendimentos participaram do período de pré-incubação na IEE (Incubadora de Empreendimentos para Egressos), e foram encaminhados para a Incubadora Afro Brasileira. No catálogo você pode encontrar empresas que vão desde alimentos e bebidas até roupas e entretenimento entre outros. Clique no link Catálogo de incubação e confira.

Páginas:«1...56789101112

Sites recomendados